60 minutos pelo planeta.

26 de março de 2011

Meus caros leitores deste meu espaço. Hoje vão todos participar numa boa causa não vão?
Então é assim, as 20:30 vão todos desligar as luzes e vocês perguntam-se, Mas porque raio? e eu respondo, como sabem isto do aquecimento global é uma conversa muito complexa e por incrível que parece se por 1 hora toda a gente por todó mundo fizer este simples gesto, irá fazer muita diferença. São 60 minutos sem luz, 1 horita que é isso? um belo jantar à luz das velas que até calha em boa hora e tudo.

Fiquem com o vídeo com a breve explicação que é bem mais explícita que a minha : )



P.S. Já agora, e visto que até estamos a falar de horas e tudo, não se esqueçam que hoje muda a hora! à 01:00 passa para as 02:00 horas : )

Gift a stranger.

24 de março de 2011

Ora aqui está uma ideia bem simpática!
Hoje em dia é raríssimo recebermos e por sua vez enviarmos cartas e muito menos encomendas, e este projecto vem de certa forma reaver essa relíquia.
Quando descobri este projecto, a primeira associação que tive foi da minha Penfriend, sim porque eu no 5º ano tive uma! Era Americana e tinha a minha idade, mas a coisa desvaneceu-se e nunca mais soube nada dela (agora que falo nisto, a ver se encontro o papelito com o nome e vai na volta anda aí no facebook).

Mas retomando a este projecto, cuja ideia é da "happiness-brussels" deixo aqui o link para quem sabe quererem dar um mimo a alguém e quiçá receber um também de qualquer canto do mundo (literalmente).




Gift a Stranger from Happiness Brussels on Vimeo.

>>site do projecto.

Artur Agostinho.

22 de março de 2011


Locutor, actor, jornalista, radialista, escritor, ex-director do jornal 'Record' e colunista.
Um senhor cheio de histórias para contar. Parte delas podem ver-se neste vídeo de homenagem que a sic recentemente lhê fez e que hoje partilho.

Artur Agostinho deixou-nos hoje aos seus 90 anos. E muitas histórias ficaram por ouvir..

Então Primavera? Kumustá?

Para variar não acertei no dia. São coisas que me passam sempre ao lado mesmo que o tempo se tenha transformado redondamente ao ponto de andar fresquinha pela rua.
Mas esquecer desta estação não tem desculpa. É a minha favorita, não só porque é a mais bonita e colorida como também foi a estação que viu aqui esta criatura nascer.

Por isso aqui ficam as minhas mais simpáticas boas-vindas à estação mais bonita de todas. Não fujas! que isto com solinho é que está bom.

Father´s day.

19 de março de 2011


"Deixa-te de lamexices e dá asas à tua criatividade"

Adeus Modelo.

15 de março de 2011

Ainda me lembro do dia em que o Modelo abriu em Chaves. Foi a primeira superfície comercial assim "grande" a abrir. Na noite anterior em tom de curiosidade fomos lá espreitar para ver o que se passava e o que já se podia ver. No dia que abriu a cidade caiu toda lá, mas eu e a minha família como não somos dados à confusão só fomos no segundo dia lá espreitar.
Entretanto os anos passaram-se e o Modelo passou a fazer parte da rotina familiar, todos os sábados lá estávamos nós e apesar das prateleiras não mudarem de sítio e de fazer tudo ao zig-zag para não escapar nada, mesmo tendo lista, nunca me cansei disso. Ainda hoje quando vou lá cima, não digo que não a uma ida ao modelo com a minha mãe, até porque entretanto fizemos amigos e convém ir lá dar um simpático olá!

Entretanto a marca Modelo chegou ao fim. E esta é a minha carta de despedida. Foi bom enquanto durou, mas agora o mano Continente apoderou-se do espaço e apesar do impacto não ser o mesmo a nível de novidade, uma mudança é sempre mudança e em tom de curiosidade vai lá cair tudo em cima com certeza.

Ontem, o Povo saiu à Rua e fez-se ouvir.

13 de março de 2011

Esperava muita gente, mas confesso que não esperava tanta como a que compareceu. Não foram só jovens como se dizia vir a ser, foram todos! avós, pais e filhos de todos os quadrantes políticos, pois o protesto assumiu-se desde início como apartidário.
Foi muito intenso, foi o espelho do que se anda a passar.
O Povo está revoltado e ontem viu-se bem.
Fiz-me acompanhar pela carrinha dos homens da luta (que ultimamente têm dado muito que falar), onde a meio foram subindo figuras bem conhecidas, tais como Vitorino, Rui Veloso e Fernando Tordo. Cantar com eles cantigas da luta foi de encher o peito.

O Povo saiu à rua e fez-se ouvir! Ontem todas as ruas do país foram nossas.
12 de Março de 2011 - um dia histórico.













video 

video 

video 

video

Protesto_12 de Março.

9 de março de 2011

Crise Crise Crise..
Já chateia de tanto se falar nela, mas é inevitável quando é o pão nosso de cada dia.
O pessoal tem que se reivindicar e mostrar de uma forma mesmo em grande que está descontente.

Por isso minha gente! Dia 12 de Março é para reunir e manifestar. Pessoal do norte e centro norte toca a ir para o Porto e pessoal do sul e centro sul bora para Lisboa.
Eu lá estarei na Avenida da Liberdade às 15:00. Apareçam vocês também porque isto de ficar em casa a queixar não nos leva a lado nenhum.

A Rua vai ser nossa nesse dia!


>> protesto apartidário, laico e pacífico <<

Raispartaofrioeasuasconsequencias

6 de março de 2011

"As mudanças climatéricas exercem influência sobre a pele e, consoante as estações do ano, surgem diferentes problemas dermatológicos. Em dias mais frios e ventosos, poucas pessoas conseguem manter os dedos das mãos e pés ilesos das torturantes frieiras e menos serão aquelas cujos lábios permanecem imunes ao incomodativo cieiro."

Vim ao norte.
E a minha pele já teve melhores dias.

arf..

Ponto-de-cruz.

3 de março de 2011

Já não fazia ponto-de-cruz desde que a minha mãe e a minha avó me ensinaram. 

Estou a trabalhar num projecto e então lembrei-me que funcionaria muito bem se usasse esse método. Comecei por fazer o desenho digitalmente e arrisquei a passar para o tecido e por mãos à obra. Está a levar tempo mas pelos vistos parece que fazer ponto-de-cruz é como andar e bicicleta, não se esquece.

Quando terminar, mostro o resultado final.